segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

moonlight

noite fria, ceu claro, o silencio das estrelas e a lua a brilhar estonteante! so ela como testemunha de um momento raro , simples e unico..

voce e a lua...

Lua uva
lua nova
lua noiva, ô, luar.

Lua seda
me arpeja
Me palmeja, ô, luar.


a lua e voce...

5 comentários:

Clementine disse...

eu já nem sei quem é a lua.
se é o satélite ou os olhos da pequena.

^^

lindo texto!

Maldictus Otarius disse...

falar em lua,
viu o eclipse?
ahahahaha
abraço!

Sara disse...

É a lua esses dias tava de arrepiar.A lua assim como o canto das baleis é como se fosse a coisa mais divina do universo, vc não consegue definir o efeito que causa, e nem quando se está sentindo tem as palavras.

Himmler, Yargo disse...

Tom zé eh foda
o/

Dayse disse...

Sei da lua! Sei de nos. da noite fria. de palavrinhas ditas assim ...

maior saudade!

=*