segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

permita - se

deixe -me sentir nem que seja por um instante..
deixe-me ver seu sorriso perdido com 0 passar dos anos..
deixe tocar sua face..
deixe me alcançar sua alma, mesmo que distante..

deixe-me ficar acompanhado com a solidão..
deixe- me só com a minha dor...
deixe- me morrer disso!
deixe- me em paz comigo mesmo...

10 comentários:

Vivi Floripi disse...

deixe-se !
e só...

obrigada pela invasão.
espero q volte...
espero q goste...

Clementine disse...

permita-se.

linda palavra.
lindo contexto.

gotas de alma involuntárias possuídas por letras.

ás vezes, permitir-se é tudo.

ás vezes (quase sempre) não adianta de nada.

mesmo assim,

permita-se.

Rutthie. disse...

pdeixe- me em paz comigo mesmo...

e sempre bom ficar só e pensar na vida"

boaa semana raell"

beijoss

Clarissa Marinho disse...

pode invadir!=)
esse texto teu nao sei porque me lembrou a filosofia de vida 'zeca pagodinho':deixa a vida me levar,vida leva eu! hehe

Sunshine disse...

é bom ter um momento a sós consigo mesmo.
=**

Sandrinha disse...

Antes só que mal acompanhado?

Deixe-me apenas dizer: para que deixar alguns sentimentos tomarem conta, quando na verdade queiramos deixar que outros os tomem?

Deixe-se guiar. Deixe-se sentir. Deixe-se. Para apenas parar de deixar. ^_^

Se cuida.

Beijos.

Maldictus Otarius disse...

deixe-se
e permita-se

isso é ótimo
adorei!
abraço!

Duane Quintino disse...

ai ai
caba filosofador
:)
gostei deste viu?
parabens!!!
bjjjj

Rutthie. disse...

Passando só pra deixa um xero

otimo fds rael ")

Clementine disse...

precisamos de mais.

todos aqui.

more!!!
rs